Orpheu Leal

Como é bom viver em Paz!

Textos



                  OS CINCO JOSÉS
 
Foi José, o marido de Maria,
Um ótimo carpinteiro, diligente,
Chegou a ser alvo de zombaria,
Mas não acreditou naquela gente.
 
O José Ricardo é muito leal,
Sujeito bastante inteligente,
É sempre cordato, é especial,
Só fala a verdade, nunca mente.
 
Terceiro José é o Napoleão,
Um cabra nortista, grande escultor,
Quando eu mais precisava, me deu a mão,
Muito me ajudou, foi meu professor.
 
José Aparecido estava sumido,
Porém, de repente, apareceu,
Imaginei que tivesse morrido,
Com toda certeza, ele não morreu.
 
José é Giusepe, em italiano,
Giusepe Verdi, maestro famoso,
Que compunha óperas todo ano,
Ficou rico, mas não era orgulhoso!


Fico-lhe muito agradecido, Mestre Jacó, pela maravilhosa interação:
Para meu primo, José,
Dedico o teu poema,
Com sua beleza extrema,
Sobre amigos de fé.


Obrigado, Mestre José Coelho Fernandes, pela  linda interação:

Tem um José que sou eu
E o José de Arimateia,
Este que era judeu
Que aos pés da cruz pranteia.


Obrigado, ilustre poeta amigo, Eligio Moura, pela linda interação:
          Cada José que criaste
          Traz uma marca de amigo
          Que este verso me arraste
          Para amizade contigo.



 
Orpheu Leal
Enviado por Orpheu Leal em 09/03/2021
Alterado em 15/03/2021


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras