Orpheu Leal

Como é bom viver em Paz!

Textos


             
            AS CINCO MARIAS

Pegando o Metrô, na segunda-feira, 
Vi, bem de perto, a Maria das Dores,
Mulher atraente, toda faceira, 
Que tem no sorriso o encanto das flores.

Dois dias depois, caminhando a pé, 
Bem à vontade, na Praça Paris,
Vi a sapeca Maria José 
Agarrada, aos beijos, com o Senhor Diniz.

Num bairro elegante desta cidade 
Encontrei a Maria Aparecida,
Garota repleta de vaidade, 
Mulher charmosa que estava sumida.

Num dia de sol, na areia da praia,
Dei de cara com a Maria Teresa,
A primeira vez que eu a vi sem saia,
Usando um biquini de pura leveza.

A quinta Maria, a da Conceição,
Que tem a alma de nordestina,
Dava um concerto com o seu violão
Com o nobre talento de maestrina.


Obrigado, Professor  marciusantos, pela linda interação:
Que amor e primor de poesia
A exaltar da mulher a beleza
Manifesta no sinônimo Maria
Em versos de extrema beleza.


Obrigado, ilustre poeta Henrique Secundino, por esta inesquecível e bela interação:


Muitas e muitas Marias
Terezas ou Gabrielas
Milhões de doces mulheres
Todas estas ou aquelas
Amáveis e encantadoras
Inesquecíveis e belas
Nas paredes do amor
São eternas aquarelas.


Ilustre Poeta Alberto Valença Lima, sua interação ficou excelente, obrigado:

Sejam das Dores,
Tereza ou José,
Marias são tal flores!
Conceição até...
Ou Cidas dão cores
A quantos amores?
Tem até Salomé...
Quem não gosta de cafuné?

Poeta amigo, Roselves Alves, sua interação ficou linda, um primor:

Marias das alegrias
Musas de tantas poesias,
Quantos brilhos se irrdiam
Nas emoções das Marias.


Obrigado, ilustre poetisa Helô Silva, pela bela interação:

Tem ainda outras Marias...
Aquela que vai com as outras,
E de tanto apanhar,
Mudou para Maria da Penha,
Para libertar outras tantas Marias
De seus algozes cruéis.


Excelente interação, mestre Ismeraldo Pereira, parabéns!

Tantas são as Marias
para a nossa alegria,
Marias que nos dão vidas,
são fonte de poesia.






 
Orpheu Leal
Enviado por Orpheu Leal em 18/02/2021
Alterado em 05/03/2021


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras