Orpheu Leal

Como é bom viver em Paz!

Textos


MONTANHA - Dueto
 
Chegamos ao cimo da montanha,
fazia muito frio.
Olhamos para a vastidão diante de nós.
Vimos quão grande é o poder de Deus,
representado naquele vale:
bosques, um rio imenso,
as copas das árvores...

O vento soprava forte,
balançando o arvoredo;

sentimos a beleza
sendo absorvida por nossos poros,

e os corações batiam acelerados.
Quando descemos lentamente
pela senda sinuosa, margeando o abismo,
entre o nada e o paredão limoso,

a paz nos havia envolvido,
e o silêncio só era interrompido
pelo canto dos pássaros.

Chegando ao fim da trilha,
sentamo-nos entre as flores,
enchemos de terra as mãos e, então,
deitamo-nos sobre a relva perfumada.
Inesquecíveis aquelas horas,
em que estávamos plenos, iluminados,
resplandecendo sob a luz dourada do sol.

 
Orpheu Leal e Lucia Armenio Leal
Enviado por Orpheu Leal em 14/07/2020
Alterado em 14/07/2020


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras