Orpheu Leal

Como é bom viver em Paz!

Textos



                                   CASTA INFELIZ
 
Dormindo só, ao relento,
coberto com a própria pele,
menino, pobre rebento!
É um pária, seu povo o repele.
 
Vai passando a sua vida
sem nenhuma diretriz,
na sua sina sofrida
vive só o infeliz.
 
Por que a sociedade
discrimina o coitado?
É essa a grande verdade,
um descaso inusitado.
 
Vai sofrendo o desgraçado,
morrerá de inanição,
com a omissão do Estado,
criminosa é a inação.


                                                 

NOTA:
        A Organização Social da Índia é constituída de Castas, que funciona há mais de 3000 anos. Após a Índia tornar-se independente do domínio inglês, o que ocorreu em meados do século passado, as Castas foram abolidas oficialmente, mas continua o mesmo sistema funcionando, normalmente, apesar da proibição legal.   

               As Castas estão divididas da seguinte forma:
1) Brâmanes, a mais importante delas, destinada somente às altas autoridades;
2) Xátrias, constituída de guerreiros (policiais, soldados e administradores);
3) Vaixás, a classe dos comerciantes;
4) Sudras, constituída pelos camponeses, artesãos e operários.

            Há também uma espécie de subclasse, conhecida como a dos DÁLITS ou PÁRIAS, que são os considerados “INTOCÁVEIS”; ninguém ousa tocar neles, a fim de não ser contaminado pelo mal. São completamente desprotegidos pela sorte e pela lei, ou seja, os mendigos.


                                   


Obrigado, meu amigo POETA OLAVO, pela maravilhosa  interação:

ENQUANTO HOUVER RIQUEZA QUE DISCRIMINA
CORRUPÇÃO QUE ASSALTA NAÇÃO
A POBREZA TÃO TRISTE NÃO TERMINA
E CONTINUARÁ MENDIGANDO PÃO.
Orpheu Leal
Enviado por Orpheu Leal em 04/06/2018
Alterado em 05/06/2018


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras