Orpheu Leal

Como é bom viver em Paz!

Textos



CICLO VITAL HUMANO - Poema Verbal 22
 
Nascer, chorar, mamar, andar,
falar, crescer, brincar, estudar, aprender;
profissionalizar-se, trabalhar, namorar, casar,
progredir, procriar, continuar trabalhando;
aposentar-se, envelhecer, enviuvar,
deprimir-se, sofrer, sofrer, sofrer...
Caminhar, recomeçar, rir, dançar, renovar-se... 
Morrer! Renascer, morrer, renascer... Aprimorando-se.



Agradeço a perfeita interação do ilustre poetamigo Alkas:

Aprimorando-se, aprendendo,
reciclando, renovando,
acreditando, esperando...
Sabendo,
finalizando,
imortalizando...


 
NOTA: O POEMA VERBAL foi criado por Orpheu Luz Leal em 09.05.2013. É composto por, no mínimo, quatro versos (quadra) e, no máximo, por oito (oitava). Contém somente verbos, locuções verbais, adjetivos derivados de verbos e o advérbio “não”. Os verbos podem ser acompanhados de pronomes átonos (próclise, mesóclise ou ênclise), como: não me esqueça, dar-te-ei, entreguei-lhe. O último verso será como o autor desejar. São versos livres quanto à métrica e quanto às rimas, com ou sem título.
 
 
Orpheu Leal
Enviado por Orpheu Leal em 09/09/2013
Alterado em 21/02/2014


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras