Orpheu Leal

Como é bom viver em Paz!

Textos



CAIXINHA DE SURPRESAS
 
     Os filhos, quando pequenos, representam uma caixinha de surpresas. Cada qual vai reagindo por veredas insondáveis. Quando menos se espera, surgem coisas inexplicáveis.
     Mário Messias é meu segundo filho. Sua chegada foi uma segunda alegria. Nasceu tão bonito!
     Quando tinha quatro anos de idade foi levado ao médico pediatra, pela mãe e, diante da explicação dela sobre os sintomas que o garoto apresentava, o doutor mandou que ele abrisse a boca para examinar a garganta, depois usou o estetoscópio c auscultou-lhe o coração; até aí, tudo bem.
     A seguir o médico perguntou à mãe se ele já tinha recebido tal vacina. Ela explicou que não. Então, o doutor disse:
     — Vou aplicar-lhe uma injeçãozinha que não dói nada. Logo que tudo estava pronto, o garoto arregalou os olhos e gritou:
     — Puta que pariu, eu não quero — e deu um chute com a botina na canela do doutor.
     A mãe quase morreu de vergonha, agarrou o filho e falou:
     — Pode aplicar, doutor.
     Ele chorou, esperneou, mas recebeu a vacina.      A mãe pediu mil desculpas ao médico e disse ao filho:
     — Depois vou acertar as contas com você.
    Essa reação da criança realmente ultrapassou os limites da razão, sendo todavia uma prova incontestável de personalidade forte que tinha, mas precisa ser controlada com bons exemplos e rigidez. A atitude agressiva tem de ser monitorada da melhor forma possível, enquanto jovem, para que a pessoa se torne uma criatura compreensiva, dócil, educada.
     Se os pais afrouxarem as rédeas, como tem acontecido com muitas famílias, depois não adianta chorar, será tarde.
     Quando chegou a época de entrar para a escola, tivemos outro problema. Apesar de nossas palavras persuasivas sobre a necessidade de que toda criança precisa aprender a ler e escrever, não queria saber de colégio em hipótese alguma. Durante um mês só conseguia chegar ao estabelecimento escolar à força, arrastado.
     Depois tomou gosto e, daí pra frente, foi ótimo aluno. Formou-se em Engenharia Mecânica e Administração de Empresas. É compositor e autor de várias músicas.
Orpheu Leal
Enviado por Orpheu Leal em 16/08/2017
Alterado em 16/08/2017


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras